Dicas de trabalho em rede

Como encontrar o emprego certo construindo relacionamentos

Networking é uma estratégia para revelar mais oportunidades e mais possibilidades. É uma maneira de se conectar com os outros: pessoas que você conhece, mas não realmente conhecer e novas pessoas que você nunca conheceu antes. Networking começa com uma mentalidade e uma intenção de descobrir, explorar e estar aberto para o que você pode encontrar. É sobre ajudar os outros e ajudando-se.

Estamos conectados para nos conectar e ajudar os outros. Sem essas conexões, podemos nos isolar e experimentar a solidão e até a depressão. Portanto, o verdadeiro objetivo do trabalho em rede deve ser revigorar seus relacionamentos e envolver-se com novas conexões e grupos.

Você já sabe como rede

Você está hesitante em fazer contatos com medo de ser visto como agressivo, chato ou egoísta? Não seja. Networking não é sobre o uso de outras pessoas ou promoção agressiva de si mesmo, é sobre a construção de relacionamentos. E embora possa parecer intimidante, pode ser gratificante e divertido, mesmo se você for tímido.

Networking nada mais é do que conhecer pessoas. Quer você perceba ou não, você já está trabalhando em rede todos os dias e em todos os lugares que passa. Você está em rede quando inicia uma conversa com a pessoa ao seu lado na fila, se apresenta a outros pais na escola do seu filho, conhece um amigo de um amigo, conversa com um ex-colega de trabalho ou pára para conversar com seu vizinho. Todos que você conhece podem ajudá-lo a levar sua pesquisa de emprego adiante.

Tocar no mercado de trabalho oculto pode exigir mais planejamento e coragem do que pesquisar on-line, mas é muito mais eficaz. A adoção de um estilo de vida em rede - um estilo de vida de conectar e ajudar os outros nos bons e maus momentos - ajudará você a encontrar o emprego certo, estabelecerá conexões valiosas no campo escolhido e permanecerá focado e motivado durante a procura de emprego.

A rede é a melhor maneira de encontrar um emprego porque:

  • As pessoas realizam negócios principalmente com pessoas que conhecem e gostam. Currículos e cartas de apresentação são muitas vezes impessoais demais para convencer os empregadores a contratá-lo.
  • Listagens de empregos tendem a atrair pilhas de candidatos, o que coloca você em intensa competição com muitos outros. Networking faz de você um membro recomendado de um pool muito menor.
  • O trabalho que você deseja pode não ser anunciado. Networking leva a informações e leads de trabalho, muitas vezes antes de uma descrição de trabalho formal é criada ou um trabalho anunciado.

Dica de rede de trabalho 1: Você conhece mais pessoas do que pensa

Você pode pensar que não conhece ninguém que possa ajudá-lo em sua busca de emprego. Mas você conhece mais pessoas do que pensa, e há uma boa chance de que pelo menos algumas dessas pessoas conheçam alguém que possa lhe dar conselhos sobre a carreira ou indicar uma oportunidade de emprego. Você nunca saberá se você não perguntar!

Faça uma lista das pessoas em sua rede

Sua rede é maior do que você pensa. Inclui todos os membros da sua família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, colegas e até mesmo conhecidos casuais. Comece a analisar suas contas de mídia social e o catálogo de endereços e anote os nomes. Você ficará surpreso com a rapidez com que a lista cresce.

Pense em pessoas que você conhece de ex-empregos, ensino médio e faculdade, igreja, escola de seus filhos, academia, mídia social ou sua vizinhança. Pense também em pessoas que você conheceu através de suas conexões íntimas: o colega de trabalho de sua irmã; o chefe do seu melhor amigo; o cônjuge do seu colega de quarto da faculdade; amigos de seus pais; parceiro comercial do seu tio. Não se esqueça de incluir pessoas como seu médico, proprietário, contador, lavadora a seco ou instrutor de ioga.

Sim você Faz tem uma rede de empregos e é mais poderosa do que você pensa:

  • Você já pertence a muitas redes (família, amigos, colegas, membros do clube cívico etc.) e sua rede de procura de emprego pode ser um resultado natural desses contatos principais.
  • Cada rede conecta você a outra rede (por exemplo, o professor do seu filho pode conectá-lo a outros pais, escolas e fornecedores da escola).
  • Cada membro de uma rede pode conhecer um trabalho disponível ou uma conexão com alguém que saiba de um.

Dica 2: Entre em contato com sua rede

Todas as conexões do mundo não o ajudarão a encontrar um emprego se ninguém souber da sua situação. Depois de elaborar sua lista, comece a fazer contato com as pessoas em sua rede. Deixe-os saber que você está procurando um emprego. Seja específico sobre o tipo de trabalho que você está procurando e pergunte se eles têm alguma informação ou conhecem alguém em um campo relevante. Não presuma que certas pessoas não serão capazes de ajudar. Você pode se surpreender com quem eles conhecem.

Descubra o que você quer antes você começa a rede

Networking é mais eficaz quando você tem metas específicas do empregador e metas de carreira. É difícil obter leads com um pedido genérico "avise se você souber de algo". Você pode achar que terá melhor sorte no trabalho se ficar aberto a todas as possibilidades, mas a realidade é que essa “abertura” cria um buraco negro que suga todo o potencial de rede fora da conexão.

Uma solicitação de rede genérica para um trabalho é pior do que nenhuma solicitação, pois você pode perder esse contato e oportunidade de rede. Pedir informações específicas, leads ou entrevistas é muito mais focado e mais fácil para a fonte de rede. Se você estiver com dificuldades para focar em sua pesquisa de emprego, consulte os amigos próximos e membros da família para obter ajuda, mas evite entrar em contato com pessoas mais distantes em sua rede até definir metas claras.

Comece com suas referências

Quando você estiver procurando por um emprego, comece com suas referências. Suas melhores referências - as pessoas que gostam de você e podem endossar suas habilidades, histórico e caráter - são grandes centros de rede.

  • Entre em contato com cada uma de suas referências à rede sobre suas possibilidades e afirme que elas concordam em ser sua referência.
  • Descreva seus objetivos e busque sua ajuda.
  • Mantenha-os informados sobre o progresso da sua busca de emprego.
  • Prepare-os para quaisquer chamadas de potenciais empregadores.
  • Deixe-os saber o que aconteceu e agradeça-lhes por sua ajuda, independentemente do resultado.

Se você está nervoso em fazer contato, porque você está desconfortável
pedindo favores ou constrangido com sua situação de emprego - tente manter o seguinte em mente:

  • É bom ajudar os outros. A maioria das pessoas terá prazer em ajudá-lo se puderem.
  • As pessoas gostam de dar conselhos e serem reconhecidas por seus conhecimentos.
  • Quase todo mundo sabe o que é estar desempregado ou procurando emprego. Eles terão empatia com a sua situação.
  • O desemprego pode ser isolante e estressante. Ao se conectar com os outros, você certamente obterá algum incentivo, companheirismo e apoio moral muito necessários.
  • Reconectar-se com as pessoas em sua rede deve ser divertido, mesmo se você tiver uma agenda. Quanto mais se sentir como uma tarefa, mais tedioso e ansioso será o processo.

Dica 3: concentre-se em construir relacionamentos

Networking é um processo de dar e receber que envolve fazer conexões, compartilhar informações e fazer perguntas. É uma maneira de se relacionar com os outros, não uma técnica para conseguir um emprego ou um favor. Você não tem que distribuir seus cartões de visita nas esquinas, ligar para todos na sua lista de contatos ou trabalhar em um quarto de estranhos. Tudo o que você precisa fazer é alcançar.

Seja autêntico. Em qualquer situação de procura de emprego ou de rede, ser você mesmo - o verdadeiro você - deve ser seu objetivo. Escondendo quem você é ou suprimindo seus verdadeiros interesses e objetivos, isso só o machucará a longo prazo. Perseguir o que você quer e não o que você acha que os outros vão aprovar, será sempre mais gratificante e, finalmente, bem-sucedido.

Seja atencioso. Se você estiver se reconectando a um velho amigo ou colega, aproveite o tempo necessário para superar a fase de recuperação antes de deixar seu pedido de ajuda. Por outro lado, se essa pessoa é um profissional ocupado que você não conhece bem, respeite seu tempo e siga em frente com o seu pedido.

Peça conselhos, não um emprego. Não peça emprego, um pedido vem com muita pressão. Você quer que seus contatos se tornem aliados em sua busca de emprego, não os faça se sentir emboscados, então peça informações ou insights. Se eles são capazes de contratá-lo ou encaminhá-lo para alguém que pode, eles vão. Se não, você não os colocou na posição desconfortável de recusar ou dizer que eles não podem ajudar.

Seja específico em sua solicitação. Antes de você sair e se reconectar com todos que você já conheceu, junte-se e faça um pouco de lição de casa. Esteja preparado para articular o que você está procurando. É uma referência? Uma visão interna da indústria? Uma referência? Uma introdução para alguém no campo? Certifique-se também de fornecer uma atualização sobre suas qualificações e experiência profissional recente.

Desacelere e aproveite o processo de trabalho em rede

Os melhores pilotos de corrida são os mestres da desaceleração. Eles sabem que o caminho mais rápido ao redor da pista é desacelerar à medida que se aproximam das curvas, para que possam acelerar mais cedo, à medida que avançam para a retaguarda. Como você está em rede, mantenha em mente este mantra de corrida “lento, rápido e rápido”.

Uma rede eficaz não é um processo que você deve se apressar. Isso não significa que você não deva tentar ser eficiente e focado, mas a rede de emergência apressada não é propícia para construir relacionamentos de apoio e benefício mútuos. Quando você faz networking, você deve ficar mais lento, estar presente e tentar aproveitar o processo. Isso irá acelerar suas chances de sucesso na corrida de caça de emprego. Só porque você tem uma agenda não significa que você não pode se reconectar.

Não seja um networker hit-and-run

Não seja um networker hit-and-run: conectando, conseguindo o que você quer, e depois desaparecendo, para nunca mais ser ouvido até a próxima vez que você precisar de algo. Invista em sua rede, acompanhando e fornecendo feedback para aqueles que foram gentis o suficiente para oferecer sua ajuda. Agradeça-lhes por sua indicação e assistência. Deixe-os saber se você conseguiu a entrevista ou o trabalho. Ou use a oportunidade para informar sobre a falta de sucesso ou a necessidade de ajuda adicional.

Dica 4: Avalie a qualidade da sua rede

Se os esforços de sua rede não parecem ir a lugar nenhum, talvez seja necessário avaliar a qualidade da sua rede. Reserve algum tempo para pensar nos pontos fortes, fracos e oportunidades da sua rede. Sem essa avaliação, há pouca chance de sua rede se adaptar às suas necessidades e objetivos futuros. Você pode não perceber como está ligado à história ou como certas conexões estão impedindo você. E você pode perder oportunidades de se expandir e forjar novos laços que o ajudarão a seguir em frente.

Fazer o inventário da sua rede e onde está faltando é tempo bem gasto. Se você acha que sua rede está desatualizada, então é hora de atualizar! Sua mera consciência de suas necessidades o ajudará a se conectar com contatos e redes novos e mais relevantes.

Avalie sua rede

Dê a si mesmo 1 ponto para cada pergunta que você responder sim.

  • Você confia na sua rede para lhe dar a verdade sobre você?
  • Sua rede te desafia tanto quanto te ajuda?
  • Sua rede se sente vibrante e dinâmica?
  • Sua rede representa seus objetivos futuros tanto quanto seu passado?
  • As redes conectadas à sua rede são fortes?

5 pts - Sua rede está em ótima forma!

3-4 pts - Você precisa melhorar sua rede.

0-2 pts - Sua rede precisa de uma reforma.

Dica 5: Aproveite os laços “fortes” e “fracos”

Todos têm laços “fortes” e “fracos”. Laços fortes ocupam esse círculo interno e laços fracos são menos estabelecidos. Adicionar pessoas a redes é demorado, especialmente fortes laços. Requer um investimento de tempo e energia para ter múltiplos “melhores amigos”. Tentar ficar em contato com novos conhecidos é igualmente desafiador. Mas adicionando novos membros "empate fraco" dá a sua vitalidade de rede e ainda mais flexibilidade cognitivaa capacidade de considerar novas ideias e opções. Novos relacionamentos revigoram a rede, fornecendo uma conexão a novas redes, pontos de vista e oportunidades.

Dicas para fortalecer sua rede de trabalho

Toque em seus laços fortes. Seus laços fortes levarão logicamente e com confiança a novos laços fracos que construam uma rede mais forte. Use sua rede existente para adicionar membros e se reconectar com as pessoas. Comece por envolver as pessoas no seu círculo interno de confiança para o ajudar a preencher as lacunas na sua rede.

Pense em onde você quer ir. Sua rede deve refletir aonde você está indo, não apenas onde você esteve. Adicionar pessoas à sua rede que refletem problemas, empregos, setores e áreas de interesse é essencial. Se você é um recém-formado ou um trocador de carreira, junte-se às associações profissionais que representam sua carreira desejada. Participar de conferências, ler revistas e manter-se atualizado com o jargão de seu campo desejado pode prepará-lo para onde você quer ir.

Faça o processo de conectar uma prioridade. Faça da conexão um hábito - parte do seu estilo de vida. Conectar é tão importante quanto a sua rotina de exercícios. Ele respira vida em você e lhe dá confiança. Descubra como sua rede está se saindo nesse ambiente, quais etapas estão tomando e como você pode ajudar. Conforme você se conecta, o mundo parecerá menor e um mundo pequeno é muito mais fácil de gerenciar.

Dica 6: Aproveite o tempo para manter sua rede

Manter sua rede de trabalho é tão importante quanto construí-la. Acumular novos contatos pode ser benéfico, mas somente se você tiver tempo para cultivar os relacionamentos. Evite o impulso irracional de encontrar tantas pessoas novas quanto possível. A chave é a qualidade, e não a quantidade. Concentre-se em cultivar e manter sua rede existente. Você certamente descobrirá uma incrível variedade de informações, conhecimento, experiência e oportunidades.

Agende o horário com seus principais contatos

Liste as pessoas que são cruciais para sua rede - pessoas que você conhece e que podem ser muito importantes para você. Invariavelmente, haverá alguns com quem você perdeu contato. Reconecte e agende uma reunião ou ligação telefônica regular. Você não precisa de um motivo para entrar em contato. Isso sempre fará com que você se sinta bem e forneça uma visão ou duas.

Priorize o resto dos seus contatos

Mantenha uma lista atualizada de pessoas com as quais você precisa se reconectar. Pessoas cuja visão do mundo você valoriza. Pessoas que você gostaria de conhecer melhor ou de quem você gosta. Priorize esses contatos e, em seguida, programe o tempo em sua rotina regular para que você possa fazer o seu caminho na lista.

Tome notas sobre as pessoas em sua rede

Colecionar cartões e arquivá-los é um começo. Mas manter seus contatos, novos e antigos, exige atualizações. Adicione notas sobre suas famílias, seus empregos, seus interesses e suas necessidades. A menos que você tenha uma memória fotográfica, não se lembrará de todas essas informações, a menos que você as anote. Coloque essas atualizações e anotações no verso de seus cartões de visita ou insira-as em seu banco de dados de contatos.

Encontre maneiras de retribuir

Lembre-se sempre de que a rede de sucesso é uma via de mão dupla. Seu objetivo final é cultivar relacionamentos mutuamente benéficos. Isso significa dar e receber. Envie uma nota de agradecimento, pergunte sobre sua família, envie um artigo por e-mail que você acha que pode interessá-lo e faça o check-in periodicamente para ver como estão as coisas. Ao cultivar o relacionamento por meio de sua busca de emprego e além, você estabelecerá uma forte rede de pessoas com as quais pode contar para ter ideias, conselhos, feedback e apoio.

Leitura recomendada

Sete Regras para o Sucesso em Rede - Como desenvolver relacionamentos mutuamente benéficos. (Carreiras Quintessenciais)

Networking for the Shy - Dicas para superar sentimentos de autoconsciência. (Monster.com)

Perguntas Freqüentes (FAQs) Sobre a Rede de Carreira - Como usar a rede para melhorar sua procura de emprego. (Carreiras Quintessenciais)

Dicas de trabalho em rede - Oito dicas para uma rede de sucesso. (Network Services & Consulting Corporation)

John E. Kobara é vice-presidente executivo e diretor de operações da California Community Foundation. Este artigo foi adaptado de seu blog Adopting the Mentoring and Networking Lifestyle.

Autores: John E. Kobara e Melinda Smith, M.A. Última atualização: setembro de 2018.

Assista o vídeo: 3 dicas para melhorar e aumentar seu networking - rede de relacionamento no trabalho (Dezembro 2019).

Loading...